Corsa 2001 - Meu gordinho



Fazendo a manutenção enquanto não compro outro.

Ar-condicionado.

Faz uns três anos que comprei esse Corsa Sedan, 2001, automático. Completásso, carro pra deficiente fisico tem que ter tudo o que é de direito. Já gastei uma nota preta com motor, cambio e parte elétrica e agora, chegou a hora da funilaria, segunda-feira que vem ele vai pra oficina, não tem jeito; vou ficar uns quinze
ou vinte dias sem ele, mas é por uma boa causa. Hoje deixei o gordinho na oficina de ar condicionado, esta fazendo um barulho e me disseram que deve ser a engrenagem do ar condicionado, por isso encostei ele lá. Custo dessa brincadeira? uns R$ 600,00 (seiscentos reais), por ai, se ficar mais não deve ser muita coisa. Acordei cedo pra levar o danadinho na oficina, RS RS, pra você ver como é: "carro tem a manhã de fazer isso com a gente", odeio acordar cedo mas pelo meu gordinho faço esse sacrifício. (To com sono).

Funilaria.
A funilaria deve ficar em torno de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), um pouco mais pois já comprei o parachoque dianteiro, lanternas traseiras e mais alguns outros itens.
 Custo total dessas peças, R$ 1.250,00 (hum mil duzentos e cinquenta reais), todos comprados na Mercado Car, São Paulo. 

Na verdade eu não tinha intenção e nem condições de fazer essa reforma, ia vende-lo e aguardar uns dois anos para comprar um zero quilometro, mas esses dias entrou um dinheiro extra (precatório do governo) e resolvi não vender mais e fazer  que tinha de ser feito. Assim continuo a usufruir do veículo que para mim, é um artigo de primeira necessidade, até o momento em que puder entrar num plano de isenção pra deficiente. Me desfazer dele era algo que estava me incomodando, anda pensamento que ficar sem um carro durante dois ou três anos ia ser foda e, já que fomos agraciados (agraciados?) com esse valor, tirei a placa de vende-se e fiz o que achei mais certo. Algumas pessoas me aconselharam vende-lo
mesmo assim, afirmaram que não compensa arrumar carro velho, mas para mim agora não dá pra pegar outro e, ficar sem um carango, nem pensar. 

Fotos de hoje, dia 27 de maio de 2014.

Essas são as imagens dele agora e, quando chegar da oficina de funilaria postarei mais fotos fotos dele já renovado. 

Gosto muito da minha charanguinha. Quiçá, um dia eu tenha condições financeiras de pegar outro e, se possível for, vou tentar mantelo junto comigo. Talvez eu dê para a minha namorada, assim ele vai ficar onde eu posso continuar a velo. Ele já me deu muito trabalho e despesa, mas me trouxe algumas alegrias e satisfação também. Por enquanto ele ainda esta comigo. 




Depois das manutençôes (novas fotos)
Funilaria nova

O carro agora esta lindo



Na chacara em Cotia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Manual da maquina de ritmos Alesis SR 16

Tábua de transferência

Sete anos usando Macintosh