Ordem dos Músicos do Brasil






A força do protesto






A OMB - Ordem dos Músicos do Brasil foi criada em 22 de Dezembro de 1960 como uma forma de regulamentar a profissão de músico. Em teoria deveria cuidar dos interesses da classe mas, como no Brasil nada funciona como era para ser, dizem alguns que ele serviu como uma forma de policiar os profissionais da musica na época da ditadura. Bem, a ditadura "acabou" (coloquei entre aspas porque não estou certo se realmente acabou) e durante muito tempo ela se tornou uma forma de arrecadação de dinheiro sem garantir nenhum retorno ao profissional, no entanto,
o musico que fosse flagrado tocando sem a carteirinha poderia ser multado ou não mais tocar pois a casa em que ele tocava também poderia receber uma multa.

Com o tempo alguns músicos entraram com liminares da justiça para poderem continuar na ativa sem ter que pagar a anuidade, pois com a anuidade, a única coisa que tinham era uma carteira afirmando que o mesmo era um musico profissional, mais nada,  e de que adianta uma carteira ou pagar uma anuidade a uma instituição que não garante os seus direitos?

Essa situação perdurou durante algum tempo. Agora sobre nova presidência e, sendo reformulada, parece que a O.M.B voltou com força e prestando assistência aos seus associados, os músicos e artistas que estão voltando a pagar a anuidade e utilizar a carteira de músico.

Moral da história: "As instituições, ordem de classes e sindicatos devem cuidar dos interesses dos profissionais e associados, ninguém quer apenas pagar e ter seus direitos desrespeitados por entidades. Afinal arrecadar só por arrecadar, sem dar garantias qualquer um faz".

Agora o músico pode começar a ter orgulho de levar consigo a sua carteira.

Pelo menos é o que parece.

Espero.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Manual da maquina de ritmos Alesis SR 16

Tábua de transferência

Sete anos usando Macintosh