Apagando esta idéia!




CIGARRO!


ATÉ QUANDO ELE VAI ME DOMINAR?


Vamos tentar parar?

Essa pergunta é uma realidade muito triste em minha vida; até quando o vicio, o tabagismo vai dominar a minha a vida? Até a minha morte? Confesso que sou um tabagista sem vergonha, trago essa tendência química e me sinto muito mal com isso, psicológica e fisicamente falando. Já parei algumas vezes, sendo que a mais longa foi de nove meses, uma verdadeira gestação mas, depois voltei. Demorou muitos anos depois e parei novamente, foi apenas um dia, voltei de novo. No fim do anos passado, fiquei 12 (doze) dias sem fumar, dia 25 de Dezembro de 2012 parei de fumar mas logo no inicio deste anos voltei. De lá para cá, fumei demais e não dei um tempo para o meu organismo, agora ele tá reclamando me pedindo para dar um tempo. Será que vou conseguir dar esse tempo? Eu sou muito fraco para isso, mas
eu preciso. Vou começar a por neste post, se possível todos os dias, o que vai acontecendo comigo enquanto tento. Quem sabe assim encontro um motivo para continuar tentando apagar essa idéia da minha vida. AFF! Espero ter forças para chegar bem longe e conseguir fazer uns pontos a meu favor, por enquanto ele esta levando vantagem. Vamos ver até onde eu vou.

De uma marca a outra! 

Esses tempos atras eu fui obrigado a mudar alguns luxos meus devido a alguns emperros econômicos. Parei de gastar um pouco nos cartões e tudo que entra é para pagar as faturas que estão chegando. Fiz alguns abusos de compras e, quando percebi, a coisa tava meio brava pro meu lado; acabei apertando bem os cintos e reduzindo custos. Entre essas reduzidas de custos a marca do cigarro foi uma das opções que tive que adotar, passei do Shelton curto para o Eight. Gente, esse Eight é do Paraguai e muito forte, se com o Shelton eu já andava me sentindo mal, com ele agora piorou. Mal acabo de fumar um e já me sentindo enjoado, meio tonto. O fôlego está cada dia pior. Que coisa horrível, como podem fazer um lixo desses? E o pior; esse cigarro esta sendo um dos mais procurados e vendido no bairro aqui onde moro (acho que em todos os lugares).

Doze dias parado!

Como disse no inicio do post, fiquei de Dezembro de 2012 a Janeiro de 2013 sem fumar; foram exatos 12 dias sem colocar um cigarro na boca. Me sentia maravilhosamente bem, tinha fôlego, sentia mais o cheiro e o aroma da comida, (ate mesmo o meu cheiro era melhor). Mas antes que Janeiro chegasse ao seu meio eu voltei a dar uma tragada e, após uma tragada é fatal "você dá a segunda, a terceira, a quarta e assim sucessivamente", não tem jeito, ou você para ou para, é uma questão de não ter opção. Confesso que me arrependi amargamente, se tivesse continuado agora e estaria praticamente no NONO MÊS sem fumar, mas agora to na ESTACA ZERO de novo. É profundamente desanimador ter que voltar ao marco inicial, mas acho que tudo na vida tem um instante, ou novo instante, quiçá ou novo novo novo instante. Até que chegue o momento em que esse novo instante tenha se concretizado realmente muitas águas vão rolar. Eu vou tentar novamente, tenho que ter forças para conseguir, ainda não perdi essa batalha, se ele vencer será o meu fim.

Esse é o mês e dia!
Vamos começar a contar o tempo.

Hora, dia e mês.

Outro marco ZERO em minha conturbada vida de viciado nesta porcaria de tabaco.

Vamo que vamo que a fila anda e o trem se aproxima.




Dia 13 de Agosto de 2013, Hrs 20:20! 
Fumei meu último cigarro as Hrs 17:45 depois da janta e já me senti muito mal. Agora é Hrs 20:20 e to sem fumar. Vamos ver até quando. 

Comentários

  1. estou na mesma situaçao amigo , infelizmente

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seu comentário é importante.

Postagens mais visitadas deste blog

Manual da maquina de ritmos Alesis SR 16

Tábua de transferência

Sete anos usando Macintosh