Hand Drive - adaptações em veículos para deficientes





Hand Drive (23 anos de experiência)


Hoje fui a Hand Drive que fica na rua Jose Bernardo Pinto, 639 - Vila Guilherme. São Paulo S/P. Para ver uma alavanca de freio que se adapte ao meu problema fisico. Fiz uma alvanca (gambiarra) por conta propria para poder frear o veículo. O pessoal lá ficou de estudar um opção de alavanca do jeito que quero. As alavancas de freio são todas padronizadas e
não me deixam confortável para mim, me sinto inseguro para dirigir. A alavanca que idealizei é bem mais confortável e fácil de manejar e, como é uma coisa meio rústica, pedi a eles para fazerem uma no mesmo modelo da minha.

Eles me pareceram bem atenciosos e por isso to deixando o site deles aqui para quem precisar fazer uma pesquisa a respeito de adaptações.

Telefone: (11) 2901 - 3072 e (11) 2901 - 3082


Observação:

O técnico da Hand Drive ficou de me retornar com um orçamento para a alavanca de freio, eles me deram a impressão de que estão interessados em me ajudar. Digo isso por que todas as alavancas de freio que encontrei por ai, não atendem as minhas necessidades, o que me dá a impressão de que todas as oficinas e empresas de adaptação trabalham com produtos padronizados, será? Bem, de qualquer forma eu vou tentar com o pessoal dessa empresa. Abaixo uma foto da alavanca que eu e meu irmão idealizamos para o freio.


A alavanca presa ao breque



Essa alavanca é totalmente funcional para mim, consigo frear o carro numa boa, sem nenhuma dificuldade. Mas a sua desvantagem é a de que para uma pessoa normal encontra algumas dificuldade para dirigir pelo fato de que ela fica aparafusada diretamente no pedal de freio e, bate no joelho do motorista, sem contar que tenho medo de que o parafuso que a prende ao pedal, possa se soltar e eu acabe tendo algum problema por ai. Por isso que fui atras de técnicos habilitados e que possam resolver o meu problema. Assim que a próxima alavanca estiver pronta e funcional eu postarei fotos ou algum filme aqui. 


Nós que possuímos algum problema fisico devemos sempre pensar em como resolver as nossas dificuldade sem atrapalhar a vida dos outros. Por isso ainda estou correndo atras de resolver mais esta questão.

Acho impressionante que no Brasil as coisas ainda estão engatinhando no que se refere as tecnologias para facilitar a vida dos deficientes físicos. Na Europa a coisa esta bem mais adiantada, parece existir uma mentalidade por lá, ou boa vontade, para que as pessoas com necessidades especiais sejam incluidas na sociedade de forma mais rápida e abrangente. Bem, de qualquer forma nós estamos caminhando, - ainda que seja a passo de deficiente -.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Manual da maquina de ritmos Alesis SR 16

Tábua de transferência

Sete anos usando Macintosh